top of page
Buscar
  • Foto do escritorRoberto Querido

Compulsão alimentar

Diariamente, a nossa mente e o nosso corpo passam por diversas emoções que impactam a qualidade da saúde do organismo. E a alimentação possui uma relação muito próxima com a ansiedade…


Pois a comida vira uma compensação, que de forma ilusória você acha que pode ajudar no controle das emoções. E essa associação da comida com uma compensação faz com que se inicie uma compulsão alimentar.


Quando você está ansiosa(o) associa o fato de comer a um momento de bem-estar, pois comer (para algumas pessoas) gera uma redução temporária da sensação desagradável que estava lhe acompanhando.


Por este motivo ansiedade é um dos fatores que apresentam relação direta com a compulsão alimentar.


Quanto mais ansiosa a pessoa fica, pior são suas escolhas de alimentos, pois as pessoas buscam por comidas mais gordurosas, calóricas, já que esses são os alimentos responsáveis por trazer prazer momentaneamente e problemas de saude ao longo da vida como a obesidade.


Dependendo do nível de ansiedade, ela pode trazer diversos prejuízos como tensões, dores de cabeça, dores musculares, problemas gástricos, digestivos, obesidade, falta de concentração e memória, insônia, irritabilidade, depressão e problemas cardiovasculares.


Sugestões:


Planeje bem as refeições, comer com calma saboreando os alimentos e prestar atenção no que está sendo ingerido, o que facilita o controle de exageros;


Consumir alimentos com fibras, pois eles dão a sensação de saciedade;


Evitar ficar muito tempo sem comer, pois pode causar hipoglicemia (queda de açúcar no sangue), e, em alguns casos, acarretar uma compulsão por alimentos mais calóricos;


Tomar muita água;


Praticar atividade física regular;


Dormir bem;


Procurar ajuda profissional do seu Psiquiatra quando observar que está comendo em momentos de ansiedade e sente que essa atitude está sem controle e cada vez mais frequente.


44 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page